Busca

Showing posts with label Bowdichia. Show all posts
Showing posts with label Bowdichia. Show all posts

Thursday, 4 October 2012

Fabaceae - Bowdichia virgilioides Kunth

 Flor com corola papilionácea, pétalas unguiculadas (f. 1)
 Pétalas violeta, livres (f. 2)
 Cálice campanulado, lacínios triangulares (f. 3)
 Flor pedicelada, cálice vinho (f. 4)
 Ovário súpero, estipitado, plano (f. 5)
Estandarte retuso (f. 6)
  Inflorescência em panícula (f. 7)
Alas oblongo-obovado (f. 8)
Hábito arbóreo no cerrado (f. 9)
Cálice campanulado (f. 10)
 Estípulas rufas, triangulares, folíolo oblongo, ápice retuso (f. 11)
 Folíolos face adaxial nítens (brilhosa) (f. 12)
 Folíolos alternos, face abaxial fosca (f. 13)
 Folha madura (f. 14)
 Folíolos nítens (f. 15)
 Frutos maduros (f. 16)
Frutos oblongos (f. 17)
 Tronco de um indivíduo adulto de mata Atlântica  (f. 18)
Com menos luz (f. 19)

Leguminosae, Papilionoideae, Sophoreae, Bowdichia Kunth. 2 espécies (Lewis et al. 2005).

No Brasil ocorrem 2 espécies que não são endêmicas (Lima e Cardoso 2015)

Bowdichia virgilioides Kunth, Nova Genera et Species Plantarum (quarto ed.) 6: 376–377. 1823.

Planta arbórea 15m alt., copa aberta; tronco cinza, fendido em placas, ramos cilíndricos, lisos, inerme. Estípulas triangulares, rufas, caducas. Folha composta, imparipinada, folíolos numerosos, alternos, oblongos, ápice arreondado-retuso, borda inteira, base arredondada, folíolos discolores, face abaxial cinza com tricoma seríceo, face adaxial glabra viridescente (verde-brilhoso), coriácea, pecíolo menor que a raque. Inflorescência terminal ou axilares, panícula. Botão obovado, oblongo, violáceo, com tricomas. Flores curto-pedicelada, hipanto presente, monoicas; cálice campanulado, lacínios 5, triangulares, curtos; corola papilionácea, pétalas 5, unguiculadas, estandarte orbicular, margem crenada, reflexo; alas oblongo-obovadas, crenadas, quilha livre; androceu com estames livres, 10, filetes curtos, anteras brancas; gineceu com ovário estipitado, pluriovulado. Frutos sâmara, plana, oblonga, membranáceo. Semente orbicular, plana, testa liso com saliências.

Comentário

Planta muito comum no campus I da UFPB, também é bem distribuída em todos os remanescentes de mata Atlântica encontrados em João Pessoa.

Espécie facilmente reconhecida por apresentar porte arbóreo, tronco cinza formando placas lignosas, flores lilás com alas bem desenvolvidas, obovado-oblongo e o fruto é uma sâmara castanho. 

Planta com madeira muito utilizada na confecção de móveis.

nome popular: sucupira

Fotos: Ana Paula Fortuna-Perez, Parque do Rio Preto, Minas Gerais, Brasil (f. 7-10)
Rubens Teixeira de Queiroz, João Pessoa, Paraíba, Brasil (f. 1-6, 11- 19)

Referências

-Lewis, G., Schrire, B., Mackinder, B., Lock, M. 2005. Royal Botanic  Gardens, Kew, 577p.
- Lima, H.C. de; Cardoso, D.B.O.S. Bowdichia in Lista de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Available in: . Access on: 19 Nov. 2015

Exsicatas