Wednesday, 25 April 2012

Fabaceae - Adenanthera pavonina L.

Flores pediceladas, pentâmeras, antera rimosa com glândula adnata (f. 1)
Inflorescência multiflora (f. 2)
Inflorescência congesta com flores amarelas (f. 3)
Folha bipinada e inflorescência em botões florais (f. 4)
Botões obovoides (f. 5)
Vistante flora uma Apis melifera (f. 6)
Filetes vistosos amarelos (f. 7)
 Legume típico, valvas lineares (f. 8)
 Semente  presa a cápsula (f. 9)
Semente com testa dura lisa, vermelha (f. 10)
Semente obovada, hilo central (f. 11)
Hábito arbóreo  (f. 12) 
Folhas bipinadas (f. 13)
Detalhe do caule com casca rugosa (f. 14)

Leguminosae, Mimosoideae, Mimoseae, Adenanthera L. 13 espécies (Lewis et al. 2005).

Adenanthera pavonina L., Species Plantarum 1: 384. 1753.

Adenanthera palavra de origem grega: Adeno=glândulas, antera= antera: em alusão a presença de uma glândula aderida a antera.

Árvore com 10-15 m alt.; tronco rugoso, ramificado;  copa fechada; ramos jovens glabros, verdes depois tornando-se rufos. Estípulas não observada. Filotaxia alterna, espiralada. Folhas bipinadas, 3-6 pares de pina, opostos; foliólulos alternos, oblongos ou ovadas, ápice obtuso ou mucronado, margem inteira, base assimétrica, face adaxial e abaxial glabras, membranácea, raque maior que o pecíolo. Inflorescência axilares, racemo, botões ovoídes. Flores pequenas, pedicelada, actinomorfa, monoclina; sépalas 5, amarelas; corola gamopétala, pétalas 5 elípticas, reflexas, amarelas; estames 10, filetes curtos, anteras rimosas com uma glândula adnata a antera; gineceu 1, unicarpelar, unilocular, ovário oblongo, glabro. Fruto legume típico, constrito na região espermática, imaturos verdes e maduro enegrecidos. Sementes obovada, testa lisa, vermelhas, pleurograma circular.

Comentário

Planta muito utilizada na arborização no Brasil, planta subespontânea.

Nativa da Jamaica - América Central 

Amplamente utilizada na arborização das cidades Paraíbanas.

Nome popular: Carolina, carolina tento, falso pau brasil, pau brasil (Silva et al. 2014)

Fotos: Rubens Teixeira de Queiroz, Unicamp, Campinas, São Paulo, Brasil.


Referencias

-Lewis, G.; Schrire, B.; Mackinder, B. ; Lock, M. 2005 Legumes of the World. Kew, Royal Botanic Gardens
-Silva, M.F. de, Souza, L.A. G. de & Carreira, L.M. de M. 2004.  Nomes populares das Leguminosas do Brasil. Manaus. Edua. 

Exsicatas


No comments:

Post a Comment