Busca

Showing posts with label Myroxylum. Show all posts
Showing posts with label Myroxylum. Show all posts

Friday, 17 August 2012

Fabaceae - Myroxylon peruiferum L. f.

 Cálice campanulado, estandarte reflexo, branco (f. 1)
Hábito (f. 2)
Folha composta, folíolos elípticos, alternos (f. 3)
Inflorescência axilar, racemo (f. 4)
Flor pedicelada, alas oblongas (f. 5)
Anteras oblongas (f. 6)
Ovário verde, oblongo (f. 7)
Ovário desenvolvendo (f. 8)
Fruto imaturo, núcleo seminífero distal (f. 9)
Folíolo elíptico com pontuações translúcida (f. 10)
Botão fusiforme, cinéreo (f. 11)
Caule cilíndrico (f. 12)
Folhas jovens (f. 13)
Leguminosae, Papilionoideae, Sophoreae, Myroxylon L.f. espécie tipo Myroxylon peruiferum L. f.

Gre.: Myro=óleo, xylon=madeira, em alusão a madeira oleosa, perfumada.

No Brasil ocorrem apenas duas espécies (Sartori 2015).

Myroxylon L. f. Supplementum Plantarum 34, 233. 1781[1782].

Árvore com cerca de 10 m de altura; tronco liso, casca castanha; copa assimétrica; ramo longos, cilíndrico, inermes, cinéreos, esparsamente lenticelado, partes jovens, seríceo, rufo. Estípulas caduca. Filotaxia alterna, espiralada. Folhas compostas, imparipinada, peciolada, raque longa, folíolos 7-9, alternos, ovados-oblongo-elíptico, ápice cuspidado-retuso, margem inteira, base arredondada-cuneada, face adaxial e abaxial glabra, adaxilamente viridescente, estruturas secretoras elípticas, presentes, coriáceo. Inflorescência axilar, racemo, laxo, pubescente, cinéreo. Botões fusiforme, canescente. Flores longo-pediceladas, pouco vistosa, monoica; cálice largamente-campanulado, externamente-canescente, lobos 5, pouco evidentes; corola 5, unguiculada, branca; estandarte largo-orbicular, fortemente reflexo, alas e quilhas estreitamente-oblonga; androceu 10, estames filete curto, antera oblonga, branca, exserta; gineceu 1, ovário estipitado, uniovulado, oblongo, verde.  Fruto sâmara, ensiforme, monospérmica, viridescente, plano, núcleo seminífero distal.

Esta espécie é facilmente reconhecida por apresentar estruturas secretoras, transparentes, elípticas, face adaxial viridescentes, bem como frutos sâmaras glabras e falcadas.

O estudo mais detalhado sobre este gênero foi realizado por Sartori (2000), onde são tratadas 3 espécies.

Na Paraíba foi registrado em São José dos Cordeiros, e Cabaceiras próximos ao afloramentos rochosos.

Nome popular: Bálsamo

Fotos: Rubens Teixeira de Queiroz, Embrapa Sede, Brasília, Distrito Federal - BR

Diagnose original

http://www.biodiversitylibrary.org/page/411067#page/50/mode/1up

Referência


-Sartori, A.L.B. Myroxylon in Lista de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Available in: . Access on: 16 Abr. 2015
-Sartori, A.L.B. 2000. Revisão taxonômica e estudos morfológicos, Myrocarpus Allemão, Myroxylon L.f. e Myrospermum Jacq. Tese de doutorado. Universidade Estadual de Campinas, Campinas, São Paulo. 162pp.
 
Exsicatas


http://reflora.jbrj.gov.br/jabot/geral/ExibeFiguraFSIUC/ExibeFiguraFSIUC.do?idFigura=3138374
http://www.tropicos.org/Name/13036073
http://coldb.mnhn.fr/ScientificName/Myroxylon/peruiferum
http://www.botanicus.org/page/411266
http://sweetgum.nybg.org/vh/specimen_list.php?QueryName=BasicQuery&QueryPage=http%3A%2F%2Fsciweb.nybg.org%2Fscience2%2Fvii2.asp&Restriction=NybRecordType+%3D+%2